Festival de Nuevo Cine Latinoamericano de La Habana

Premio Fénix al Festival Iberoamericano

Premio Fénix al Festival Iberoamericano 2014

Festival de Nuevo Cine Latinoamericano de La Habana

Em 3 de dezembro de 1979, mais de meio milhar de profissionais do cinema, maiormente da América Latina, reuniram-se em Havana, Cuba, para a inauguração do primeiro Festival de novo Cinema Latino-americano, que desde aquele dia, procurou construir um espaço próprio para a cinematografia da nossa região.

O Festival de Havana é impulsionado, segundo as suas próprias palavras, pelo objetivo de “reconhecer e divulgar aquelas obras cinematográficas que contribuam, pela sua significação e valores artísticos, para o enriquecimento e reafirmação da identidade cultural latino-americana e do Caribe”. O festival é um espaço para o diálogo enriquecedor entre profissionais do cinema, estudantes, e um público muito bem informado e crítico, e é, sem sobra de dúvida, um exemplo a seguir para construção de una comunidade comprometida com as suas diversas realidades, que entende o cinema não somente como una forma de pressão artística, mas como um espaço de reflexão social. É esse o exemplo que queremos reconhecer hoje.

O trabalho desenvolvido durante mais de três décadas por uma equipe liderada hoje por Iván Giroud, em que perdura o espírito nobre e generoso de seu fundador, Alfredo Guevara, e de pessoas que, como Santiago Álvarez e Gabriel García Márquez, o acompanharam desde o início, merece ser reconhecido por aqueles que pensamos que a cultura é um caminho que nos permite nos aproximarmos uns dos outros, nos conhecermos e reconhecermos e, sobretudo, nos afastarmos violência, rumo a um mundo melhor.

Vai com esses prêmio a nossa admiração e o nosso reconhecimento para o Festival de Novo Cinema Latino-americano de Havana.