Alejandro Jodorowsky

Escritor, director, artista

Premio Fénix à Trajetória 2016

Alejandro Jodorowsky

Escritor, director, artista

Premio Fénix à Trajetória 2016

Alejandro Jodorowsky

Escritor, director, artista

Premio Fénix à Trajetória 2016

Alejandro Jodorowsky

Escritor, director, artista

Premio Fénix à Trajetória 2016

Otorgado por las academias, consejos y asociaciones de cine de Iberoamérica
Convocado pela Academia Mexicana de Artes e Ciências Cinematográficas

Com este prêmio, os países da Ibero-América prestam hoje uma merecida homenagem à trajetória de um dos seus mais originais cineastas. Alejandro Jodorowsky nasceu em 1929 na cidade de Tocopilla, no norte do Chile. Dedicou sua vida ao que ele chama de uma “arte para curar”. Poeta, romancista, leitor de tarô, mímico, ator, roteirista de comics e cineasta, são algumas das partes de um repleto currículo com o qual o realizador conseguiu surpreender o público mundial desde o seu primeiro trabalho: Fando y Liz, longa-metragem de 1968, produzido no México, que é a chave para entrar no universo mágico do “psicomago”.

Quarente e oito anos já se passaram desde esse primeiro filme, e Jodorowsky volta a surpreender seus fãs com a mesma força de suas imagens. Poesía sin fin, seu oitavo longa-metragem, é a segunda obra de uma trilogia autobiográfica que começou com La danza de la realidad, produção que marcaria a volta do cineasta após 23 anos afastado da direção cinematográfica.

É que a cada vez que se assiste a um filme de Alejandro Jodorowsky, algo se remexe no mais profundo da experiência como espectador. O cinema de Jodorowsky não perdeu a genialidade que fez de El topo o único filme a fundar o ritual do cinema da meia-noite ou midnight movie sessions. E com Poesía sin fin a lenda continua.

Porque estamos certos de que seus fãs voltarão a se surpreender com o imaginário e com os relatos do cineasta, desejosos também de encontrar nos próximos filmes de Alejandro Jodorowsky alguma pista de Duna, que afinal só conseguiu sair à luz através dos relatos apaixonados de seu diretor. Assim que nos sentimos honrados de poder reconhecer a um de nossos grandes criadores com este prêmio.

premio-fenix-trayectoria

———-

O processo de votação para eleger é o seguinte: cada academia ou instituição propõe um candidato do seu pais. Uma vez reunidos todos es indicados, cada academia pode selecionar três deles, em ordem de preferência, não é permitido a seleção do próprio. O candidato que recebeu a nota mais alta é o vencedor do Prêmio Fénix à Trajetória.

Nesta edição, participaram as seguintes academias e instituições:

  • Academia de las Artes y Ciencias Cinematográficas de Argentina (AACCA)
  • Asociación de Cineastas de Bolivia (ASOCINE)
  • Academia Brasileira de Cinema
  • Consejo del Arte y la Industria Audiovisual, Consejo Nacional de la Cultura y las Artes de Chile
  • Academia Colombiana de las Artes y Ciencias Cinematográficas (ACACC)
  • Centro Costarricense de Producción Cinematográfica
  • Instituto Cubano del Arte e IndustrIa Cinematográficos (ICAIC)
  • Consejo Nacional de Cinematografía del Ecuador (CNCINE)
  • Asociación Guatemalteca del Audiovisual y la Cinematografía (AGACINE)
  • Asociación Salvadoreña de Cine y Televisión (ASCINE)
  • Academia de las Artes y las Ciencias Cinematográficas de España
  • Academia Mexicana de Artes y Ciencias Cinematográficas (AMACC)
  • Asociación Nicaragüense de Cinematografía (ANCI)
  • Academia de Artes y Ciencias Cinematográficas de Panamá
  • Academia de las Artes y las Ciencias Cinematográficas de Paraguay (AACCPY)
  • Dirección del Audiovisual, la Fonografía y los Nuevos Medios, Ministerio de Cultura del Perú
  • Academia Portuguesa de Cinema
  • Asociación de productores y realizadores de Cine del Uruguay (ECU)
  • Asociación Venezolana de Productores Cinematográficos y Audiovisuales (AVEPCA)